04 março 2012

A Mancha voltou



Depois de seis meses de um afastamento injustificável imposto pelas "autoridades" (ler aqui), a Mancha voltou aos estádios neste domingo. E fez toda a diferença para que a arquibancada tivesse a força que costuma ter quando jogamos em casa. Tarde de sol, 16h, bom público na cancha municipal. 19.437 pagantes - e faço questão de registrar o número, porque ele ficou pouco acima dos 19.161 que os caipiras lá do Pantanal conseguiram colocar no domingo último, em clássico que tinha ainda a torcida do outro lado para atingir a renda de R$ 556.265 - menos que os R$ 603.373 despejados nas bilheterias só pela nossa torcida hoje. Pronto; ficam aí os números para apreciação dos imbecis Tirone e Frizzo.

Isso posto, entendo que a manutenção da invencibilidade não é tão importante quanto o fato de termos empatado o terceiro jogo seguido 'em casa'. Até porque, senhores, vale lembrar que o principal problema para a pífia campanha do ano passado foram os muitos empates, boa parte com mando nosso. E o que levou à igualdade sem gols na tarde de hoje foi exatamente o mesmo problema do(s) ano(s) anterior(es): a deficiência nas finalizações.

Mas acredito também que não é o caso de dar um peso exagerado às falhas do ataque, à primeira má atuação do camisa 29 e mesmo a mais um tropeço em casa. O prejuízo não é assim tão grande até o momento e o foco deve ser outro: o dia 25/03 está aí, palestrinos!

###

Campanha no Paulistão/2012:

Total: 12 jogos, 7 vitórias e 5 empates
Em casa: 7 jogos, 3 vitórias e 4 empates
Fora: 5 jogos, 4 vitórias e 1 empate

###

Crédito da foto: Henrique Medeiros (Tchack).

13 comentários:

Luan disse...

Muito boa a volta da Mancha Verde! O estádio fica bem mais bonito com a presença de suas faixas e o som da sua bateria. E o jogo né, precisava da vitória para satisfazer o grande público que compareceu ao Pacaembu, mas futebol é assim mesmo, só nao pode perder tantos gols nas fases mata-mata. E outra coisa, na minha opinião o camisa 83 não pode sair desse time e o camisa 7 não está jogando nada, então penso eu que a formação certa para iniciar o jogo seria o camisa 10 no lugar do 7, formando uma linha de frente com os camisas 83, 10 e 29.

E Barneschi, estou com algumas dúvidas com relação ao jogo em Ribeirão, pois os últimos que fui foram em SP em razão de fazer algum tempo que o Palmeiras não vem jogar no Santa Cruz. Você sabe qual será a porcentagem de ingressos destinados a torcida do Palmeiras? E se no dia do jogo lá eu consigo comprar ingresso para ficar na torcida do Palmeiras?
Muito obrigado! Abraços

AVANTI PALESTRA

FabioTremems disse...

Que felicidade chegar no estádio e ver a mancha oficialmente presente!
Pela festa, merecíamos uma vitória!

Rafael Kuvasney Marcolin disse...

Uma duvida que talvez vocês saibam responder: os últimos jogos que estive presente com vendas de arquibancadas esgotadas (contra Corinthians e Flamengo, por exemplo) elas não estavam tão lotados quanto este. Seria culpa dos cambistas ou estão segurando o numero de ingressos vendidos para arquibancada para liberar apenas no dia? Ontem cheguei muito tarde ao estádio (16h20) com o ingresso já em mãos e não tinha mais espaço nenhum nas arquibancadas, mas filas enormes nas bilheterias.

Parabéns a torcida. Podia ser assim sempre. O time deste ano tem brilho de campeão, precisa apenas dar um polimento.

Ivan disse...

Concordo com o Luan. A escalação da linha de frente tem que ser essa mesmo. o Milk é bem enganador e frescurento. O Gordo tá jogando o fino da bola...

Sobre a casa cheia, posso afirmar que todos os vendidos foram devidamente parar dentro do estádio. Nenhum cambista morreu virgem. A venda na bilheteria tava quente desde o meio da semana. Na sexta à tarde a bancada amarela já estava praticamente esgotada e a verde faltava apenas 2 mil.
Nos outros jogos "cheios" a arquibancada com buracos é porque cambista pegou mais do que devia e o Palmeiras vendeu menos do que podia.

As arquibancadas paulistas sem a Mancha é morta. O torcida do Palmeiras sem a Mancha é morta.
A bateria faz muita falta.
A festa foi foda como sempre. Orgulho é a palavra.

Forza Palestra disse...

Luan
Fica tranquilo: é fácil comprar ingresso lá. O estádio é grande e o Botafogo vai de mal a pior. É jogo para uns 15-18 mil, sendo a maioria do nosso lado. Não tem muita divisão da carga de ingressos lá, mas posso te garantir que não será complicado conseguir ingresso.

Rafael
Percebi também a arquibancada mais cheia, mas não sei explicar o porquê disso – e o próprio borderô é confuso, pois aponta um número de ingressos vendidos bastante inferior ao que efetivamente estava à venda. De qualquer modo, tenho algo a dizer em relação às filas: os ingressos estavam sendo vendidos há tempos pela internet e na bilheteria física mesmo, de tal forma que não faz sentido o cara deixar para comprar só na hora do jogo. E se o sujeito faz isso, precisa estar preparado para ficar em uma fila interminável mesmo.

Abraços

Anônimo disse...

Muito legal a volta da mancha,ontem assistindo ao famiglia palestra o comentaria era que isso aconteceu pq não vão punir a gaviões e então liberaram a mancha,Rodrigo ,ontem conheci vc pessoalmente,pena que foi por um breve momento,mas com certeza nos cruzaremos nos proximos jgos do Palestra.
Ricardo Giunco

Luan disse...

Muito obrigado Barneschi, essas informações ajudam muito. Valeu!

AVANTI PALESTRA

Barneschi disse...

Valeu, Ricardo!
Abraços

Rodrigo Amato disse...

Que a volta da MV não seja um mero trocado pelo nosso silêncio em relação à complacência das autoridades quanto à torcida do sofrimento seletivo. Não foram apurados ainda os fatos do carnaval e não podemos deixar que se esqueçam do acontecido no jogo do último domingo em Santos, tendo sido o tumulto causado por eles.

Barneschi, com a certeza de que esse não é seu estilo, e também não é o meu querer pautar seu blog, mas acho que em algum momento cabe uma lembrança às autoridades de mais uma disparidade no tratamento dado à ambas as torcidas.

Grande abraço

Barneschi disse...

Amato,
Não tenha a menor dúvida de que uma coisa está relacionada à outra. Foi o que eu pensei logo que vi a faixa da Mancha ontem no Pacaembu. Não há de ser coincidência.
E acredite: a coisa toda vai cair no esquecimento em breve.
É muito sofrimento pra essa gente, não?
Abraços

Anônimo disse...

Bom demais ver a Mancha-Verde de volta ! o estádio todo se empolga com tanta vibração... Mas pena MV e T.U.P não se aliarem em prol de uma torcida imbatível principalmente dentro dos estádios nos jogos ! Pensem só a Mancha-Verde puxa um ritmo e a T.U.P ajudando a dar o ar da graça... Agora vamos lá... É a vez da T.U.P puxar o ritmo e a Mancha-Verde ajuda a acompanhar ! Que lindo seria, o triste é ver o pessoal do Tobogã e Arquibancadas laranja perdidos não sabendo se vai no ritmo da Mancha-Verde ou da T.U.P. mesmo assim ainda somos um dos melhores, mas se juntássemos seriamos imbatíveis !

Danillo Bovi

Leonardo disse...

O empate certamente é um péssimo resultado e, mais uma vez, deixamos o Pacaembu decepcionados. Um luxo que o Paulista nos oferece.

Neste fim de semana vou para o interior, estou pensando em ir em Ribeirão Preto comprar o meu ingresso já no sábado e evitar quaisquer problemas possíveis.

A região possui muitos palmeirenses, a torcida está do lado do time e o horário é muito bom. Não estou disposto a deixar para a última hora.

Anônimo disse...

Voltou porque voltou a ganhar....se estivesse perdendo teria meia duzia de gato pingado!!!!
VERGONHA!!!