26 agosto 2012

A hora da reação

Eis que fechamos o turno e completamos 98 anos de vida em uma situação que não condiz em nada com a nossa história. E então, antes que se manifestem os desonestos e mal intencionados, é bom registrar que a derrota sofrida para o Santos neste sábado é a menos preocupante no conjunto da obra: além de o time ter jogado bem novamente, perdemos para um adversário tecnicamente muito mais qualificado, em uma diferença que se fez visível em dois lances.

O problema todo, senhores, encontra-se em boa parte das outras 10 derrotas e mesmo em alguns dos empates. A começar pelo primeiro de todos, contra a mesma Portuguesa que enfrentaremos na próxima quarta, com um gol estúpido sofrido nos minutos finais e que, de certa forma, foi um prenúncio de todo o resto que enfrentaríamos depois. Aí tivemos a imbecil derrota em Recife, com o time jogando melhor e sendo pela primeira vez prejudicado pela arbitragem.

Vieram então o gol de falta sofrido já no final do jogo contra o Vasco (um pecado que nos custou mais dois preciosos pontos), a absurda, imperdoável e maldita derrota para os reservas gambás, a falha do camisa 22 contra a Ponte Preta, os assaltos à mão armada contra Cruzeiro e Bahia (este é um pouco mais doloroso) e, por fim, a vexatória derrota em Goiânia.

Isso tudo somado, alcançamos míseros 16 pontos em 19 partidas e tivemos apenas no turno mais derrotas (11) do que o número de reveses de toda a temporada anterior (10 em 38 jogos). É por demais preocupante, e eu sinceramente não sei dizer se o fato de um time com tantos problemas estar jogando bem deve ser considerado bom ou ruim. Porque parece não haver muito como melhorar.

Mas chega de números; de nada adianta traçar comparações com 2002, 2006 ou 2011 ou mesmo projetar o total de pontos que precisamos somar até o fim do ano. Fato mesmo, senhores, é que não dá mais para esperar. A reação deve começar imediatamente, já na próxima quarta-feira. Temos de devastar a Portuguesa. Temos de invadir o Canindé. Temos de colocar os portugueses no devido lugar. É hora de reagir. É hora de ser Palmeiras!

###

_O retorno à cancha municipal foi das coisas mais agradáveis que tivemos durante todo este ano. Aliás, foi o que tivemos de melhor depois da conquista da Copa do Brasil. Time e torcida estiveram em comunhão, o Pacaembu recebeu um bom público, o apoio foi irrestrito do primeiro ao último minuto. Perdemos por fatores completamente alheios ao local do jogo, e o que deve ser enaltecido é o reencontro do Palmeiras com a sua cidade e com a sua gente. O Palestra não podia mesmo comemorar este aniversário sem ter jogado este clássico na sua casa provisória.

_Ingresso comprado para quarta-feira (Portuguesa/SP-Palmeiras no Canindé) e reservado para sábado (Palmeiras-Grêmio/RS no Pacaembu). Tudo no Futebol Card/Avanti. Que venham seis pontos!

_PARABÉNS, PALMEIRAS! E OBRIGADO POR TUDO!

22 comentários:

Marangão disse...

Com BRUNO ,o Goleiro mais pregado em baixo dos 3 páus ,não iremos á lugar nenhum ...ou seja todo mundo sabe pra onde iremos .....

Unknown disse...

Barneschi, embora quase tudo seja motivo para desânimo, oq percebo é q desde ontem boa parte da torcida acordou. A situação preocupa demais, mas agora é a hora de dar as caras e ajudar o clube q a gente tanto ama. Agora é com a gente!
Pode até dar merda no fim do ano, mas não será por falta de força e presença na bancada.
Tenha certeza, a partir de quarta o apoio da arquibancada será muito forte. Se não vai na bola vai no grito, vai na marra.
Até quarta

Beto - J.H. Venturini disse...

Tenho q comentar algo aqui q foi ridículo, mas não só dentro do campo, mas fora dele. No site do Palmeiras dizia q a bilheteria do Pacaembú venderia ingressos até a hora do intervalo, igual era no Buraco de Barueri. Pois bem, muita gente, mas muita mesmo (centenas de pessoas), como eu, chegamos lá duas horas antes do início do jogo e informavam q tinha acabado os ingressos ali e só teria no Palestra Itália e q só la venderia até a hora do intervalo. Teve gente q diz q ligou no Palestra e la dizia o contrário, q era no Pacaembú a venda. Como estava a pé e não sou de SP, não tinha como conferir se era verdade.
O q aconteceu daí foram os cambistas vendendo alguns ingressos acima de R$ 70,00 até R$ 350,00 !!!!! E centenas de pessoas, muitas de fora de SP, tiveram q ir embora ou mendigar com cambistas os ingressos. Patifaria dessa diretoria, da FPF ou de ambos?
Diziam q os ingressos estavam esgotados, mas depois do jogo o q se viu foi um público q estava longe de lotar o Pacaembú. O Tobogã mesmo estava bem vazio! Onde estavam esses ingressos então? Estavam mesmo no Palestra? Se estavam é muita burrice!
Isso fez com q centenas de torcedores do Palmeiras não pudessem ver o seu time jogar!
É assim q se trata o torcedor do Palmeiras? Ou faz ele se deslocar até um buraco ou então segura ingresso fazendo com q muitos não consigam entrar por pura ganância!!
Com o time na situação q está deveriam colocar os ingressos a preços muito mais populares, pois agora é q não vai encher mesmo o estádio.

Luiz Fernando Sanchez disse...

Barneschi,foi muito louco poder voltar ao Municipal!

Discordo que o time do Santos seja tão melhor que o nosso,é Gaymar e só isso,ele(e o Bruno)simplesmente decidiram o jogo,sem o Neymar o jogo provavelmente seria como no ano passado,3x0 e sem sustos,não confio em certos perebas e vagabundos desse time sem contar nossa tosca diretoria que tem prazer em nos fuder com sua incompetência congênita,temos que reagir a tempo de poder jogar a sul-americana com calma,mas cada vez mas acho que isso será impossível.

baraba9 disse...

Achei animal voltar ao Pacaembu, mas ainda acho que a torcida do Palmeiras precisa estar mais presente! Porra, fizemos a maior pressão para voltar ao estádio municipal e não conseguimos nem lotar num clássico. Continuo fazendo minha parte, seja em Barueri, Palestra, Canindé, Prudente ou onde o Palmeiras jogar e nem digo que os palmeirenses precisem fazer o mesmo, mas em um sábado de sol, horário bom, clássico, pós-título, etc, o mínimo era lotarmos o Pacaembu!

De qualquer forma, ingressos comprados para quarta e sábado novamente. E, apesar de nunca ter comentado por aqui, concordo com o blogueiro num ponto básico: torcedor (de verdade) se forma na cancha, na guerra!


Abs.

Anônimo disse...

Rapaziada, qual o melhor jeito de chegar no Canindé?!

Frugiu

Anônimo disse...

Olhei no site oficial e contra os gambás esta marcado para o Pacaembu..

Tomara!

Raoni

Unknown disse...

Chegar no canindé é tranquilão.
Linha azul do metrô, só descer na estação Armênia ou Tietê.
Certeza q estaremos em peso.

Anônimo disse...

Diga Rodrigo,
O que foi um Palmeiras jogando muito próximo de seu limite e um Santos jogando muito abaixo do que pode atingir, com Ganso andando em campo.
Temos que jogar todas as partidas assim e o apoio deve ser irrestrito, independente d das antipatias em relação a jogador A ou B.

Absurda essa questão dos ingressos.Para evitar isso é prudente comprar os ingressos via futebol card, que funciona muito bem.

Abraço....SAndro Salvador-BA

Rafael Kuvasney Marcolin disse...

Baraba9 dava pra ter muito mais gente no Pacaembu sábado, só que a FPF e a diretoria do Palmeiras fodem a vida de todo mundo. Pela futebolcard, não tinha ingresso pro Tobogã, uma porrada de gente acabou ficando sem, pq no Pacaembu tb não tava vendendo ingresso (todo clássico essa merda) e no Palestra só até as 15h30. Se tivesse vendendo ingresso normalmente até a hora do jogo, acredito que o Tobogã também estaria cheio, mesmo com o absurdo preço de R$40,00.

baraba9 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
baraba9 disse...

Também acho burrice dividir parte da venda entre bilheteria e internet (ou nem dividir, ás vezes os caras somem com ingressos mesmo). Acho que deveriam vender até a hora da partida pela internet também, afinal quem comprar e não puder ir (o que acredito ser um número ínfimo de pessoas) ainda assim está gerando arrecadação pro clube. Isso só não acontece por que é mais fácil desviar e não considerar uma parte da carga, já que o que vender e ficar registrado tem de ser contabilizado.

De qualquer maneira, vale ressaltar: não vi tanta gente assim do lado de fora. Acredito que quem foi até lá conseguiu ingresso (mesmo que de cambista), então não justifica um tobogã inteiro quase vazio.

Leonardo disse...

Finalmente de volta à nossa cidade. O retorno ao Pacaembu era mais do que necessário. Que não voltemos nunca mais a Barueri!

Um mês e meio depois da conquista da Copa do Brasil e pela primeira vez levamos mais de 10 mil palmeirenses ao estádio. Há algo muito errado aí.

Não foi o meu caso, mas amigos pagaram caro por seus ingressos nas mãos de cambistas e outros tantos ficaram de fora. Um absurdo.

...

Ao Canindé! Mais do que nunca, é necessário que nos façamos presentes, sejamos esmagadora maioria e transformemos o estádio da Marginal em um caldeirão alviverde. O Palmeiras precisa de nós.

Raul Martins Dias disse...

Já comentei no meu Twitter pessoal, mas vale a pena repassar:

1. O time tem jogado com vontade, e merece uma sorte melhor do que a atual. Por isso, é hora de a torcida apoiar, e lotar a cancha municipal, para onde voltamos, e de onde espero não sair mais.

2. Claro que a "isenta" arbitragem, "que erra para ambos os lados, e no fim os erros se compensam", novamente deixou de marcar pelo menos dois pênaltis a nosso favor. Não é do meu feitio reclamar de arbitragem, mas tá foda.

3. 22 mil pessoas no Pacaembu - eu, inclusive. Então, Tirone, Frizzo, Scolari, peguem a Arena Barueri e o Canindé e enfiem onde bem entenderem.

4. Quarta-feira, com mando da Lusa, jogamos no Canindé. Que seja nosso último jogo no ano naquela pocilga.

César SEP disse...

O QUE FOI AQUILO ANTES DO JOGO?

foi um absurdo o que aconteceu no gramado do pacaembu, quando faltava 30 min pra começar o jogo. A cada dia q passa vejo o quanto nossa diretoria é INCOMPETENTE, OMISSA, E FILHA DA PUTA. Como é que os senhores Frizzo e Tirone permitem aquilo? gambás e bambis entram no gramado, junto com seus respectivos mascotes, tocam o hino e até simulam um começo de partida?
porra, sabado era véspera de aniversário do clube, pacaembu lotado, festa alviverde, e ainda eles permitem uma palhaçada dessas?

Bruno Ricardo SEP disse...

Rodrigo, haverá aquele fretado pra Prudente como daquela vez????

jagunço nordestino disse...

o canindé não tem condições de receber jogos, é um estadio ruim, velho, feio não dá

canindé não

prefiro o santa cruz -rp

Fabio Moraes disse...

Baraba9 eu não sei que horas vc entrou no estádio, mas meu irmão foi no jogou pra comprar a porra do ingresso e ele, o pessoal que tava com ele e, segundo testemunho do meu irmão, centenas de palmeirenses acabaram voltando pra casa reclamando dessa diretoria filha da puta e incompetente que anunciaram venda até a hora do intervalo e pararam de vender lá pelas 15hs!!

Até quando vão desrespeitar o maior patrimônio do clube sua corja imunda e sanguessuga?

PS.: vi uma reportagem no Lance! onde o Mustafá filho da puta e a corja enorme, estão para serem denunciados...tomara...que apodreçam ou empobreçam pagando multa seus putos!

Leonardo disse...

Alguém tem informações sobre a venda e ingressos para o jogo contra a Lusa?

baraba9 disse...

Fabio,

Entrei umas 18h e, de verdade, não reparei em tanta gente sem ingresso. Mas talvez tenha sido desatenção minha, mesmo. De qualquer forma, continuo achando que a venda pela internet deveria ocorrer até a hora do jogo, mas a diretoria não quer arrecadar em prol do clube, maximizar receita, etc...

Leonardo,

No Futebol Card (www.futebolcard.com.br), estão vendendo arquibancada e cadeira coberta do Palmeiras.

Anônimo disse...

Esses são os bandidos que infestam o Palmeiras há décadas:

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/08/27/policia-investiga-19-suspeitos-de-enriquecimento-ilicito-e-lavagem-de-dinheiro-no-palmeiras.htm

Leonardo disse...

Baraba, obrigado pela resposta.