02 agosto 2012

Pela extinção do palmeirense

Se me permitem, começo o post de Palmeiras de Barueri 2-0 Botafogo do Rio de Janeiro com uma notícia sobre nosso maior inimigo. Eis que o SPFW, antes tido e havido como clube da elite paulistana e há certo tempo interessado em ampliar substancialmente sua torcida, inovou com a criação de um “setor popular” no estádio do Jd. Leonor. A coisa toda é muito simples: existe no campo do nosso inimigo um setor, o amarelo, que vive constantemente vazio, ocupado talvez em dois ou três jogos de 19 válidos pelo Campeonato Brasileiro. Se nada fizesse, aquele espaço de nove mil lugares continuaria sem uso durante toda a temporada. Mas a direção leonor tomou uma atitude: decidiu que os ingressos para o amarelo vão custar apenas R$ 10 (ou R$ 5 para estudantes) até o fim do ano.

Aspas de Roberto Natel (Natel, viram?), vice-presidente social do clube: “Queremos com isso oferecer a possibilidade de que o torcedor de baixa renda, que não tem a possibilidade de assistir a um jogo do São Paulo, possa comparecer ao Morumbi e ver todas as partidas."

A medida traz alguns benefícios de curto prazo e outros de longo prazo para o clube do Jd. Leonor. Aponto alguns:

-Mais renda: potencialmente, o ganho pode chegar perto dos R$ 70 mil/jogo - com um público que não teria condições de bancar um ingresso de R$ 30 e que provavelmente hoje não se faz torcedor de arquibancada;

-Mais torcida: isso se traduz em média de público maior (ainda há quem se importe com isso) e em incentivo adicional para o time. Ou seja: reflexos dentro e fora do campo;

-Identidade com o povão: porque um clube só é grande se tiver grande torcida, e isso depende de penetração em todas as camadas sociais. O SPFW entendeu isso já há um bom tempo. Errou a mão quando investiu em projetos de aliciamento; acertou agora.

Isso acontece na mesma semana em que a diretoria do Palmeiras, não contente em afastar o time da torcida com sucessivos (e esvaziados) jogos no Buraco de Barueri, enganou o seu torcedor ao anunciar a mudança do horário de um jogo (das 21h50 para as 21h30) que nunca aconteceu. Porque os ingressos para o jogo contra o Botafogo foram vendidos como se fosse acontecer às 21h30 (o que garantiria aos abnegados a possibilidade de voltar para SP de trem) para que, na véspera da partida, viesse o aviso da Conmebol no sentido de que a partida nunca deixou de estar marcada para 21h50.

Um crime!

Jogamos há pouco no Buraco de Barueri para 3.833 pagantes. A renda, na casa dos R$ 144 mil, não paga o salário mensal de qualquer um dos que foram a campo - e que, dizem, gostam de jogar lá. Voltaremos ao mesmo estádio no sábado. Com ingresso a R$ 40.

Nossa diretoria cumpre à risca todas as etapas para distanciar o Palmeiras do seu torcedor: marca jogos em Barueri, mente sobre uma mudança de horário que nunca existiu, cobra um valor acima da média pelos ingressos populares, não se preocupa com quem precisa de transporte público (a maioria), faz pouco caso da vexatória média de público. No que depender deles, o Palmeiras ficará restrito a uma meia dúzia de torcedores da zona oeste. Porque o povo mesmo, este que faz ser o Palmeiras ser o que é, parece não estar nos planos.

###

_Os senhores vão me desculpar, mas, enquanto Tirone, Frizzo e seus cúmplices insistirem com o Buraco de Barueri, eu não tenho qualquer motivação de escrever sobre o que acontece dentro de campo. O Palmeiras é o atual campeão da Copa do Brasil e estreou de maneira brilhante na Copa Sul-Americana, mas nossos dirigentes fazem o possível e o impossível para nos afastar disso. E eu posso até me tornar um cara chato e repetitivo, mas nada é mais importante que o torcedor e vou defender isso até onde for possível.

_A impressão que se tem ao pisar na arquibancada da Arena Barueri é que estão ali as mesmas pessoas de sempre. Ouso dizer que conheço a maior parte dos outros 3.832 abnegados que se dispuseram a ir até o Buraco de Barueri quase na madrugada.

_A exemplo do que aconteceu na semana passada com o Bahia, a torcida do Botafogo/RJ foi representada por algumas poucas dezenas de torcedores. Estamos falando do Botafogo, com sede no Rio de Janeiro e muitos torcedores por aqui. Vejam:

















_Parabéns a Tirone, Frizzo e demais responsáveis pelo Buraco de Barueri: por decisão única e exclusiva dos senhores, milhares de palmeirenses são impedidos de ver o time jogar "em casa".

_Ouvi de muita gente hoje uma mesma frase: "Eu não aguento mais vir para este lugar". Pois é, eu digo o mesmo.

_O camisa 9 é monstro!

_É bom fazer parte de uma torcida que trata árbitros e bandeirinhas como os inimigos que eles são. Foi bom demais ver esta cena no estádio, mas confesso que, ao menos dessa vez, ficou melhor vendo depois. Porque  ver alguns torcedores pulando como se fosse um gol ali no C1 me deixa orgulhoso.

 

41 comentários:

Richard disse...

Hoje passei uma sensação absolutamente ridícula. A de estar com ingresso reservado (benefício do Avanti) e NÃO SABER se poderia ir ao jogo até que encontrasse uma carona de volta, procura que começou no domingo.

Desde as quartas de final da Copa do Brasil, tenho voltado para a região da Paulista após os jogos de meio de semana para dormir em um ALBERGUE (!), um gasto de R$ 40,00 para poder ver o Palmeiras jogar em Barueri. Trem e ônibus não resolvem a minha chegada até em casa depois da meia noite, então foi a solução que encontrei.

Para hoje, a cama no albergue já estava reservada, mas eu ainda precisava de uma carona. Quando consegui, saiu melhor que a encomenda: a oferta era pra me deixar em casa e eu pude cancelar a reserva.

Ser sócio-torcedor, ter ingresso na mão e não saber se será possível ver seu time jogar por conta de outros fatores é frustrante demais. Cheguei de bom humor hoje em casa porque consegui uma bela carona e, obviamente, por conta do resultado. Mesma alegria que aconteceu após os jogos da Copa do Brasil.

De uma forma ou outra, Barueri realmente cansou. E basta um estopim para que o desgosto de ir até lá exploda de vez: um resultado ruim no meio de semana em horário esdrúxulo. Sim, porque se hoje e em outras oportunidades eu voltei bem-humorado por conta do resultado mas ainda assim tive motivos pra me irritar com o trajeto... imagine se eu tivesse visto o 0x2 para o Bahia nessa mesma situação...

Eu não quero nem imaginar...

PS: também acho que já conheço todos os frequentadores da Arena Barueri.

Vinicius Leite disse...

Caro Barneschi, o foda é saber que o nosso amigo que jogou a bola no bandeirinha, acabou sendo expulso pela PM e ficou detido na Arena.

Vinicius Leite disse...

Caro Barneschi, o foda é saber que o nosso amigo que jogou a bola no bandeirinha, acabou sendo expulso pela PM e ficou detido na Arena.

CIOL, Felipe disse...

Sério que o cara foi detido?

O cara merece um busto. Na verdade não merece o busto, porque era a bola e não um tijolo.

Danilo Cruz disse...

tais 3.833 pagantes são verdadeiros heróis. Há 15 dias contra o náutico anotei meu único jogo na distante arena barueri, numa ida à guarulhos - moro na Bahia - e entre idas e vindas foram 1 ônibus [metrô Armênia], 2 baldeações de metrô + 2 de trêm. 11H30- 14h00- contabilizando R$60 passagens + ingresso. imagino que na semana seria impossível ir até lá, pelo menos de onde fico qnd vou à sp -de metrô e ônibus.

Enrico disse...

Pergunta inocente que deixei também no Verdazzo: SE torcedores arremessarem objetos no campo (não me refiro à bola do jogo, mesmo sendo na cabeça do fdp)não teria que acontecer uma inerdição do estádio? não seria nada mal uma chuva de pilhas ou outra coisa qualquer no próximo jogo...ou quem sabe uma invasão de campo de algum kamikazi?

Anônimo disse...

Não sou palmeirense, mas acompanha o blog pela série país do futebol e porque compartilho da sua opinião a respeito de arbitro, rede globo de merda e outros filhos da puta que habitam o mundo do futebol, mas venho aqui para colocar a situação do torcedor do grêmio, o nosso ingresso mais barato custa R$50,00 (inclusive para o camp. gaúcho e a partir do ano q vem com a nova arena custará R$92,00 pra ir atrás do gol, o mais caro sairá por R$360,00, vcs acham q o torcedor mais humilde conseguirá ver o grêmio jogar em casa? Nem vou entrar no mérito da localização do estádio pq se for levar isso em conta mais o valor do ingresso aí sim o torcedor não irá mais a campo.

Anônimo disse...

Como já foi dito por aqui, só uma chacina resolve os problemas do Palmeiras, e não somente os internos, mas os externos (leia-se imprensinha e arbitragem) também devem ser resolvidos da mesma maneira. Depois, os que restarem pensarão bem antes de qualquer coisa contra o Palmeiras. Sejam eles "internos ou externos".

Bruno Lauria disse...

Mesma sensação, Barneschi. Eu fico sempre ali atrás do gol xingando o goleiro adversário e reconheço todo o povo ao redor. Também, não tem outro jeito. São poucos os que estão dispostos a enfrentar todas as barreiras para ir a Barueri.

No mais, queria compartilhar (mais) uma angústia. Ontem me dei conta que o Avanti não está formulado em "débito automático". Ou seja, o camarada tem que entrar todo o mês no site, logar, clicar em pagar e colocar os dados do cartão novamente.

Aí fica a pergunta: Passada a final da Copa do Brasil e mantidos os jogos na absurda "arena" Barueri, quantos seguirão no Avanti?

Esses caras são muito burros mesmo, não é possível.

Irineu Curtulo disse...

"não seria nada mal uma chuva de pilhas ou outra coisa qualquer no próximo jogo...ou quem sabe uma invasão de campo de algum kamikazi?

IDEIA FASCINANTE, PRÁTICA E FUNCIONAL (EM AMBOS OS SENTIDOS, É CLARO)

Anônimo disse...

http://www.verdazzo.com.br/verdazzo/simon-o-mentiroso

Reparem na foto no final do post. Uma das maiores quadrilhas de bandidos cafagestes deste país.

Luiz Fernando Sanchez disse...

Chega de Barueri,volta Pacaembú,casa de gambá é o caralho!

Leonardo disse...

Mais uma partida e completamos mais uma semana sem levar 10 mil palmeirenses a um jogo como mandante após a conquista da Copa do Brasil. Em outras condições, é bastante provável que nossa média superasse a casa de 25 mil pagantes neste período.

Comparemos o público de ontem na Arena Bauerei com público do jogo de volta do SPFC daqui a algumas semanas pela Sul-Americana. A situação que vivemos é aterrorizadora.

Será possível que o Santos tenha média de público superior a nossa no Campeonato Brasileiro? Quem sabe torcida a Ponte Preta fique na nossa frente também.

A cada vez que sigo pela Castelo Branco penso quão ingênuos éramos ao reclamar do Canindé.

...

PACAEMBU, PORRA!

...

O palmeirense que arremessou a bola no infeliz do bandeirinha foi sim detido e expulso do estádio pela ''gloriosa'' Polícia Militar paulista.

...

A única vantagem em jogar em Barueri são os bares e barraquinhas de pernel bem próximos do estádio. Só isso.

...

O intervalo foi um divisor de águas na partida de ontem.

Anônimo disse...

"não seria nada mal uma chuva de pilhas ou outra coisa qualquer no próximo jogo..."

Eureka!!! interdição do buraco de Barueri e apavoro nos chupadores de apito? Pra ser perfeito só se fosse essa dupla de bandeiras...

Fechado!!!

Andre

CIOL, Felipe disse...

E se por um acaso o estadio for interditado, quem decide onde será o proximo mando de campo?

Raul Martins Dias disse...

Quando vejo esses jogos em Barueri, não tem como não lembrar do vídeo 2 desse post aqui: http://forzapalestra.blogspot.com.br/2011/08/o-pais-do-futebol-31.html .

Este ano já vi exatos oito jogos no Pacaembu - inclusive o amistoso contra o Ajax. Acesso fácil, com possibilidade até de escolher se prefiro pegar um taxi na saída do estádio ou andar um pouco (com umas subidas que exigem um pouco demais dos meus 100 quilos de pura "massa muscular", é verdade) e pegar um metrô, e tudo mais. Depois que os jogos foram para o buraco, não consegui mais ver nenhum jogo. Já cancelei várias passagens aéreas por ser simplesmente impossível para mim chegar ao estádio - ainda mais com os trens da CPTM operando em precárias condições ou simplesmente não operando. Sábado acho que eu finalmente vou para o "buraco" - CPTM permitindo, lógico.

Se tem gente dizendo que não aguenta mais ir a Barueri, eu já não aguento mais não ir aos jogos. CHEGA!!!! (e vale lebrar que os dois ex-ídolos, o que senta no nosso banco e o ex-volante que hoje está na sala da diretoria) também defenderam publicamente os jogos em Barueri.

César SEP disse...

Para Leonardo...

Cara, tanto faz jogar no Canindé (estadio pequeno) e na Arena Barueri, jogar nesses dois lugares, EH APEQUENAR O PALMEIRAS...
Veja, o palmeiras tem a 3º maior torcida do Brasil, a mais fanática, e uma história de dar inveja a qualquer um. Não pode, o clube campeão do século XX, jogar em estádios pequenos e nem afastados dos grandes centros. O lugar do Palmeiras eh no PACAEMBU.
Concordo com vc, o canindé eh mil vezes melhor q a arena...
Mas vc acha q um palmeiras x gremio, por exemplo, teria q ser jogado no canindé? (ano passado foi assim)
A opção do Canindé é a MENOS PIOR...

Abs
César SEP

vitor disse...

vc defende o verdadeiro torcedor q vai em tds ou qse tds os jogos ou os oportunistas?

os verdadeiros, são os 4mil q foram ontem e vão em qq lugar. qtas vezes já presenciamos publicos assim ou até menores no Palestra?

é um buraco de merda, de impossivel acesso, mas na final qq torcedor qria ir, nem q fosse a pé.

eu acho uma besteira isso de estádio desde q o Palmeiras tenha um time condizente com sua história, enqto for esse amontoado de bagres nível gremio barueri, nd mais justo q jogar no estádio do time q eles se encaixam.

os numeros tão aí.

pacaembu, eliminado pros lixos, vasco b, rebaixado goiás, empate com comercial com 9 q fez a gente ir pra cps...

barueri, eliminamos gremio e coxa q tem times melhores q o nosso e fizemos um bom placar contra o bostafogo q tb tem time melhor.

CASSELLl disse...

Prezados, nada esta tão ruim que não pode piorar.....criticavamos muito os jogos mandados no Canindé...mudaram para Barueri... acredito que tratando-se de idiotas como o Tirone e Piraci se a chiadeira continuar vamos acabar no Bruno José daniel, Jaime Cintra ou qualquer porra assim....

Anônimo disse...

Engraçado o comentário de quem nem vai aos jogos.

Anônimo disse...

se fosse o gambas, barueri lotaria sempre. Existem "torcidas" e torcidas.

vitor disse...

engraçado q o anonimo qr dar pra mim e nem se identifica.

fica tímido não, lindo.

próxima final eu apareço e c vc não ficar de fora pq peguei seu ingresso, te dou um autógrafo.

Leonardo disse...

César SEP, concordo plenamente. A minha intenção ao escrever ''A cada vez que sigo pela Castelo Branco penso quão ingênuos éramos ao reclamar do Canindé.'' era justamente me referir a Arena Barueri como um estádio que oferece ainda mais obstáculos a nós.

O Canindé, como você bem disse, está longe de ser um estádio a altura do Palmeiras e sua torcida, mas o acesso é incomparavelmente melhor.

...

Victor, não vejo a questão desta forma. Acredito que todos nós tenhamos amigos palmeirenses que são impedidos de ir aos jogos em Barueri, não por opção própria, mas por não possuírem como ir e voltar a Barueri. Há uma diferença muito grande aí.

Outro ponto, mesmo que nosso elenco seja limitado, o Palmeiras será sempre o Palmeiras.

Raoni Machado de Souza disse...

A verdade também é que tem muito palmeirense cuzao e que nao vai no estadio.

Infelizmente, os verdadeiros somos nos 3.000 de todas as quartas e domingos...

E amanhã jogaremos contra os bambis do Sul, num sabado a tarde, algum palpite de público?
Os outro 20.000 que só foram na final e não foram em nenhum outro jogo no Brasileiro irão para o jogo? Qual será a desculpa já que teremos CPTM funcionando normalmente...

É uma merda de estadio, mas se foram na final, tem que ir em jogos "menos importante".

Anônimo disse...

"os numeros tão aí.

pacaembu, eliminado pros lixos, vasco b, rebaixado goiás, empate com comercial com 9 q fez a gente ir pra cps...

barueri, eliminamos gremio e coxa q tem times melhores q o nosso e fizemos um bom placar contra o bostafogo q tb tem time melhor."


Vitor, faz um favor? Vira corinthiano. É o melhor que você faz pelo Palmeiras. Obrigado.

Bruno Lauria disse...

Como já disseram um milhão de vezes por aí: Só defende Barueri quem não vai aos jogos.

Tá cheio de boçal por aí que foi 1 ou 2 vezes p/ Barueri (provavelmente na reta final) e se acha o foda.

Foda é ir todo jogo p/ lá, seus filhos da puta.

Saandroo disse...

Falou tudo! A corja que comanda a SEP hoje está querendo extinguir a torcida do palmeiras a médio/longo prazo. Não sou contra não mandar jogos em Barueri e sim MANDAR JOGOS SÓ EM BARUERI. O torcedor local fica de saco cheio e o torcedor da capital de mãos vazias. Não podiam mandar alguns jogos no Pacaembu com o tobogã a 10 reais? Não, eles não pensam na torcida...cada dia tenho mais ódio desse Banana!!

Guilherme disse...

No Estadão de hoje, matéria sobre a revolta da torcida contra jogos em Barueri: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,torcida-estuda-processar-o-palmeiras-,910333,0.htm

César SEP disse...

“O meliante jogou um artefato redondo de alta periculosidade contra a crânio canhoto do cidadão, que exercia seu ofício, configurando claramente uma tentativa de homicídio”, disse o Delegado Rodrigo Pimentel.

O presidente do STJD, Rubens Approbato, já solicitou as imagens da partida para analisar a possibilidade de suspender o torcedor: “Eu quero analisar as imagens para ver se houve intenção. Havendo intenção, ele pode ser impedido de comparecer ao estádio. Inclusive, já solicitei à polícia as imagens das câmeras de segurança do estádio, para identificar todos os torcedores que vibraram com a situação. Todos serão suspensos e processados”. Segundo Approbato, o Palmeiras também poderá ser julgado: "O Palmeiras poderá ser punido, sendo impedido de cobrar laterais".

ESTADO DE SAÚDE DE ALTEMIR HAUSMANN

Após complicações em decorrência do arremesso, Altemir está em coma. O médico, Aguilardo José, explicou:

“O paciente Altemir Hausmann deu entrada no hospital perto das 2h da manhã, devido à fortes dores de cabeça. Após realizar exames, foi constatado traumatismo craniano. O paciente está em coma induzido e as próximas horas serão determinantes”.

A família se pronunciou sobre o caso e disse que apesar da tragédia, o bandeira teve um pouco de sorte: “O Altemir teve sorte. Se fosse jogo do Corinthians, ao invés de uma bola, jogariam uma bomba caseira”, disse um tio do assistente.

Raul Martins Dias disse...

Só uma pergunta: NO QUÊ que Grêmio, Coritiba e Botafogo têm times tão melhores assim do que o Palmeiras? NUNCA que o Botafogo tem mais time que o Palmeiras, e mesmo Grêmio e Coritiba, o que os faz melhores que o Palmeiras?

Raoni Machado de Souza disse...

Boa pergunta Raul, depois do jogo estava ouvindo a ESTADÂOESPN e uma comentarista falou que o BOSTAfogo tem uma time melhor que o do Palmeiras.

Pq que o Palmeiras foi campeão da copa da Brasil e o lixo do rio foi eliminado nas quartas de final se não me engano pelo vitória..

Até a ESPN já tem que fala só contrao o Palmeiras! VSF

CIOL, Felipe disse...

E o camisa 10 não joga amanhã...
Olha, confesso que no começo achava que o blog pegava no pé sem razão desse vagabundo. Peço desculpas, vocês estavam totalmente certos quanto a índole desse desgraçado!

vitor disse...

acho q não Leonardo, como eu disse, os q vão sempre, dão seu jeito, realmente é complicado ir pra barueri, mas na final tds estavam dispostos a ir.

4 mil é o publico de sempre, ganhando ou perdendo.


anonimo, parabéns por não conseguir nem formular uma opinião pra defender o pacaembu.

faz um favor? vira homem!!!

bambi torce pra outro time.

Anônimo disse...

esse é o meu VERDÃO!!!
http://www.youtube.com/watch?v=ogm9ZMHg8aQ

Guilherme - MdCruzes disse...

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/2012/08/arena-barueri-esvazia-apos-copa-do-brasil-e-palmeiras-cogita-mudanca.html

ótima noticia! aos que vão ao buraco de barueri, por favor achem essa tal ouvidoria e peçam Pacaembu nessa bagaça!

Anônimo disse...

Além de todos os problemas já apresentados sobre Barueri, eu quero apresentar mais um, até como informação para "colegas" de bancada.

Durante a revista, as PMS jogaram fora todas as maquiagens, espelho de bolsa, desodorante roll-on, bala/chiclete (=halls; tridentes).
Antes que reclamem, são itens que são encontrados nas bolsas femininas!

Anônimo disse...

o valor do aluguel do Pacaembu á mais alto do que o de Barueri...mesmo que jogue no Paca o maximo de publico que o palmeiras leva é 8 mil pessoas...o palmeiras tá falindo...já que a torcida quer tanto jogar no pacaembu, que pague o mesmo valor da gambazada, ou seja, de 50 a 500 reais por jogo...será que tem futebol pra valer isso? Devia jogar no estadio da Javari....até o Juve tem levado 2 mil nos domingos...torcida sem vergonha! Quem ama vai em qualquer lugar. A pé, de bike, carro, carroça...

CIOL, Felipe disse...

esse papinho de 'quem ama vai até a pé' é foda... to saindo hoje de americana de bike, pra chegar a tempo no proximo jogo...

Rafael disse...

E a defesa ontem estava em choque. Bola sobrando para os jogadores sozinhos e eles jogando a bola para fora, dando escanteios de graça para o Inter. E isso porque se sentem mais à vontade em Barueri.

Barneschi disse...

Senhores,

Alguns comentários aí, admito, deveriam ser excluídos sem pensar. Não o fiz por pura falta de tempo, mas agradeço aos leitores todos que vêm comentando e contribuindo para o debate.

Percebam que não estou interagindo como de costume em todas essas discussões, mas é realmente por falta de tempo.

Quero ao menos poder iniciar o debate pelo bem do Palmeiras, mas depois é com vocês.

Valeu!

Abraços

Anônimo disse...

Importante ressaltar uma informação, que talvez você não tenha, e que só aumenta a indignação com essa diretoria imbecil.

Palmeiras x Inter, 04/08 foi o último jogo em que crianças até 5 anos não pagavam ingresso. Estava com minha filha de 2 anos e meio, e primeiro fui orientado que precisaria comprar ingresso para ela já naquela partida. Sem aceitar a informação, fui com ela no colo pronta para arrumar briga na entrada, eis que então um outra funcionária ao pegar meu ingresso e olhar para minha filha disse:

"Sr. Informamos que hoje é o ultimo jogo que crianças até 5 anos não pagam. A partir do próximo, crianças acima de 1 ano tem que pagar ingresso normalmente".

Um absurdo, UM CRIME...

Abraços.

Espíritos de Porco