10 setembro 2008

Momento multimídia

Não sei ao certo porque resolvi abrir um post com o vídeo abaixo, mas acredito, antes de tudo, que ele vale a recomendação. E é também uma boa demonstração de que as coisas acontecem na Italia assim como por aqui. E até em escala maior, porque não temos no Brasil uma estrutura ferroviária que possibilite viagens de grandes grupos de uma cidade a outra. De toda forma, o recado que fica é o seguinte: certos jornalistas desavisados – e são quase todos os da mídia esportiva – poderiam estudar um pouco o fenômeno das torcidas organizadas antes de escrever e falar besteira sobre o assunto.



Breve contextualização: o vídeo mostra a chegada de torcedores do Napoli, principal time do Sul da Itália, a Roma. É dia de Roma x Napoli no Stadio Olimpico. Não sei precisar quantos são, mas é algo na casa dos milhares. Eu até argumentava ontem com o Luigi que tanta gente assim não poderia ter vindo em um único trem, mesmo que fosse um Eurostar – que faz o trajeto Napoli-Roma em 1h30. É um comboio considerável e a polícia local certamente segurou o povo antes de liberá-los. O local da filmagem é o Roma Termini, estação central de trens e Metrô da capital italiana. Peço desculpas pela comparação esdrúxula, mas seria uma espécie de estação Sé. Fica também no centro da cidade, mas tem estrutura incomparavelmente melhor, o que inclui 29 plataformas para trens que chegam de todo o continente, shopping center, conexão ferroviária para o aeropoto, restaurantes e tudo mais o que puderem imaginar. É também a estação central para as duas linhas de Metrô da cidade.
De lá até o Stadio Olimpico, temos uma distância equivalente a oito ou 10 km. Seria interessante se o youtube tivesse ainda algum vídeo mostrando o trajeto de tanta gente da estação ao estádio, seja via Metrô e ônibus ou até mesmo a pé.

32 comentários:

Rafael Evangelista disse...

Opa, só um comentário quanto a estação. Ela não é lá essas coisas não, acho pior que um terminal Tietê.

Forza Palestra disse...

Pô, Rafael, a minha visão foi bem diferente. É evidente que não é a melhor estação ferroviária da Europa, mas o simples fato de ter conexões para toda a Italia e para outros países da Europa – além de trem de meia em meia hora para o aeroporto - já torna esdrúxula a comparação que eu fiz com a estação Sé.

O Terminal Tietê melhorou bastante de uns tempos para cá, isso é fato, mas não tem o potencial de uma estação ferroviária que te leva com conforto para todo o país e também para o aeroporto. Fora que é muito mais fácil comprar as passagens naqueles terminais computadorizados em seis línguas.

Talvez minha visão esteja contaminada pelo fato de eu ter me hospedado bem perto da estação, mas o fato é que ela foi essencial para a minha estadia por lá. Além de me levar para outras cidades, ainda tem opções para comer, supermercados, lojas de roupa etc. E serviu como guarda-volumes para minhas malas.

Talvez eu mude de opinião se um dia for às estações da Alemanha ou da Suíça, sei lá, mas o meu referencial é aquilo que temos no Brasil, né?

Abraços

Forza Palestra disse...

Para finalizar, uma cornetada: ruim mesmo é a estação Napoli Centrale.

Anônimo disse...

Com alguns amigos nossos diz: "Napoli, um pedacinho da Zona Leste na Italia", a Estação Napoli Centrale, diriam "...um pedaço da Estação Metro Artur Alvim na Italia".

Anônimo disse...

eu estava la na estaçao termini, no domingo depois do jogo do napole. aquilo era impressionante. foi montada uma verdadeira operaçao de guerra pela policia. grande parte dos onibus foi bloqueada(la tb é estaçao de onibus urbanos) os taxis tb deslocados do local. havia varios acessos ao metro que foram bloqueados. houve alguns feridos na estaçao, pois vi as ambulancis etrarem na estaçao, mas me parece que nao foi muito grave. a principio aquilo era assustador pq eram alguns mil. mas fora o transtorno correu tudo bem.
alias nao houve um unico momento em que a policia usou ocacetete ou bomba de gaz o tiro de borracha como se faz ai no brasil.

Valdo

Anônimo disse...

parece que o grande problema foi em napoles, pois mais de 1000 torcedores embrcaram no trem sem o bilhete de passagem.mas antes de seguirem viagem aqui para roma, les tiveram que pagar.

Valdo

Forza Palestra disse...

Valeu o depoimento, Valdo. E pegar transporte coletivo e não pagar é típico do povo que vem lá do Sul...

Craudio disse...

Falou o piemontês...

Ademir Castellari disse...

Poxa, é que vocês não conhecem a estação de Bari! ehehehehe

luiz - uberlândia disse...

Rodrigo, uma curiosidade:

quando morei na Inglaterra nos idos de 90/2, percebia a movimentação nos dias de jogos e notava que os torcedores de toda natureza não eram uniformizados. Aliás, ou se usava a camisa oficial e/ou o agasalho oficial do time ou íam com roupas triviais, do cotidiano.

assistindo ao vídeo, embora víssemos grupinhos com uma camiseta branca e outros com uma camiseta escura, o que predomina, smj, são trajes triviais, entre a galera napolitana.

procede?!

em suma, na europa, se usa ou não se usa 'uniforme' entre os torcedores como a galera do vídeo?

abraços verdes,

luiz - uberlândia.

luigi sep 1914 disse...

Nesse link um jornalista alemão acompanhou a torcida do Napoli indo pra Eterna Cidade... de MERDA e ele conta o que realmente aconteceu...
Imprensa é sempre uma merda, tanto aqui como lá e a opinião de quem não tem nada a ver com o jogo é importante...
Quem quiser a tradução é só falar que eu mando...

Ae Rodrigo, só uma coisa, da próxima vez que voce for pra Napoli, não precisa me ligar de 15 em 15 minutos pra falar que a cidade é bonita! Eu conheço e agradeço a Deus todos os dias por ter meu sangue NAPOLETANO!

NAPOLI PICCHIA
Odiati e Fieri!
Tutti ci odiano, nessuno ci affronta!

luigi sep 1914 disse...

http://www.solonapoli.com/legginews.asp?id=18137&titolo=La%20testimonianza%20di%20un%20giornalista%20tedesco

O link!

don vitotti disse...

qta baboseira!!!

na Itália qq torcida faz essa "trasferta", até os napoleCANI.

e os caras ainda chegaram no 2º tempo...VERGONHOSO!!!

don vitotti disse...

Jornais da Itália publicaram que mtas pessoas que estavam na estação passaram mal graças ao forte cheiro de lixo acumulado que os napoleCANI traziam consigo.


"Sempre più tardi, venite sempre più tardi...sempre più tardi, venite sempre più tardi."

luigi sep 1914 disse...

Não discuto com torcedor de time pequeno!
Chegamos no 2 tempo por causa da policia e voces que não vão pra NAPOLI!

Comparar a torcida do NAPOLI com a do time de Mussolini é a mesma coisa que comparar a torcida do PALMEIRAS com a do guarani...

roma MERDA!

Felipe disse...

===OFF TOPIC===
Barneschi, boa tarde. Eu acompanho seu blog com freqüência (gosto muito dele) mas a única vez que comentei e discuti aqui foi quando o assunto era elitização do futebol. Eu acabei de terminar de ler um livro muito interessante do Nick Hornby, autor inglês, chamado "Fever Pitch" - não sei o nome (se é que há um) em português. O livro é sobre um cara fanático pelo Arsenal. Para nós, que somos fanáticos pelo Palmeiras, ou melhor, para qualquer um que seja fanático por qualquer time, é uma leitura sem precedentes. A identificação de um fanático com as situações que esse cara descreve são automáticas e trazem de volta boas memórias. Então, eu recomendo para você e para qualquer outro que goste de futebol (seja palmeirense ou não).
Finalmente, onde eu quero chegar com isso: o tema é o Arsenal, do futebol inglês, aquele que já passou pelo processo de elitização e hoje é um dos mercados mais ricos do futebol em todo o mundo. O cara usa argumentos muito parecidos com os seus, contra a elitização, mas no final ele acaba, por outros argumentos, sendo a favor dos "seats" em todo o estádio, e conclui que não é isso que vai tirar a graça do jogo.
Eu não estou contando isso apenas para tentar convencê-lo a ser favorável à elitização, é apenas para por um pouco de pimenta nessa discussão, que eu julgo importantíssima. (eu acho o espaço VISA fantástico!)
É isso. Abraços!
Felipe

Forza Palestra disse...

Felipe,

1. Você tem razão: Nick Hornby é leitura obrigatória para quem ama futebol. O livro foi lançado em Português como “Febre de Bola”. Infelizmente todas as edições encontram-se esgotadas e é difícil comprar um. Eu só consegui o meu depois de muito esforço e de muito encher o saco na livraria. É leitura obrigatória. Sempre que eu posso, eu volto a alguns trechos selecionados. Entendo o que você diz e o argumento faz sentido, mas eu continuo a lutar contra a elitização. O seu argumento é bastante válido, mas é preciso ter em mente que vivemos em um país muito diferente do que certas pessoas por aí imaginam. Tem gente que ganha um salário um pouco melhor e já imagina que vive em Londres ou em Estocolmo. Aí, não contente, o cara acha que pode exigir que as regras de lá sejam aplicadas ao Brasil. Neste caso, recomendo um filme básico, que está em cartaz agora em qualquer sala de cinema: “Linha de Passe”. É bom para que algumas pessoas percebam que a cidade em que eles vivem não é apenas essa que fica entre as avenidas do centro expandido.

2. Em troca, duas recomendações de bons livros sobre futebol: “Como o futebol explica o mundo”, de Franklin Foer, e “Veneno Remédio”, de José Miguel Wisnik – o nome é estranho, mas se justifica. São livros que não necessariamente têm a ver com o do Nick Hornby, mas ambos ajudam a entender os muitos significados do futebol.

3. Obrigado pelos elogios e por colocar um argumento contrário na discussão. É bastante pertinente. Sinta-se à vontade para comentar sempre que quiser.

Abraços

Forza Palestra disse...

Luiz Uberlândia:
Sua observação faz todo o sentido do mundo. O povo lá não usa a camisa dos times como nós fazemos por aqui. Confesso não saber a origem disso – se é que existe alguma –, mas talvez alguém aí possa ajudar. E é fato que isso acontece também entre parte dos torcedores brasileiros que vão ao estádio para brigar. Pode ser uma busca pelo anonimato, sei lá.
Ademir:
Viva Bari!

Luigi:
Não seja tão previsível!

[SEP] Valmir disse...

Caraca!!!

Alto nível por aqui hein?
Carinhas "viajados", andaram pra cá e pra lá.


Bem, minha origem é do norte da Itália, meus avós são de PADOVA.

Gostaria de perguntar uma coisa a vcs que foram lá.

Já ouvi de alguns italianos, que o Sul da Itália é o Nordeste do Brasil.
Então o Napoli é o "ISPÓTI" da Itália?
É Vero?

abs

Ah, antes que alguém xingue o meu falecido avô, não foi ele que comentou isso, foram outras pessoas que nem parentes meus eram.

Rafael [Palmeiras Let's Gol!] disse...

Já li em algum lugar que eles não utilizam roupas de time ou torcida para se infiltrar mais facilmente na torcida adversária e arrumar confusão.

don vitotti disse...

diferentemente do sr. luydie, eu falo as coisas com fundamentos.

só pra mostrar como grandes trasfertas são comuns na Itália, aqui vai links de times com torcidas semelhantes a do Napoli em tamanho.


Ultras Catania a Roma - http://www.asromaultras.org/0607romacatania_DSC07484.JPG

Ultras Perugia a Roma - http://www.fototifo.it/fototifo.php?f=79398

Ultras Bari a Lecce - http://www.fototifo.it/fototifo.php?f=55521

Ultras Genoa a Turim - http://www.fototifo.it/fototifo.php?f=77601

qto a provocação de que a torcida da Roma é = a do guarani...eu diria que é o contrário, afinal torcida que viaja/viajava pra ver jogo da 3ª divisão no brazil não é a do PALMEIRAS e na Itália não é a da Roma.

Rafael [Palmeiras Let's Gol!] disse...

continuando

A origem desse estilo vêm de uma turma de torcedores que saqueavam lojas de roupas de grife. Usavam essas roupas para ir aos jogos, e com o tempo perceberam que assim ficava mais fácil se infiltrar na área dos inimigos.

don vitotti disse...

qto aos torcedores usarem ou não as camisas dos seus times...isso vem de mto tempo atrás, qdo as ultras italianas resolveram adotar o estilo "casual" das torcidas inglesas...basicamente o motivo é o msm de sempre, não ser identificado.

FORZA ROMA!!!

Pinho disse...

essa torcida do Palestra é chique mesmo hein!

putz.... eu, malemá conheço algumas cidades do Brasil.

fico aqui, lendo e aprendendo com vocês.

saudações alviverdes.

luigi sep 1914 disse...

Depois do que o Vitor falou, me recuso a discutir com ele sobre futebol.

Rafael [Palmeiras Let's Gol!] disse...

OFF: E o Engenhão (muito belo na visão aérea) não lotou para o jogo da seleção brasileira. Os ingressos mais baratos eram atrás do gol, custando 30 reais. Os lugares do centro de campo por nada menos que 100 reais.

Falando nisso Barneschi, o texto sobre o Engenhão sairá?

Forza Palestra disse...

É como eu imaginava mesmo: a vestimenta casual serve para se infiltrar nas torcidas rivais e tal. Pensando bem, o livro "Invasão de campo", que conta a história de Puma e adidas, traz um pouco da gênese disso, quando as grifes esportivas passaram a ser adotadas nas ruas.

Rafael:
Cara, eu comecei a escrever o post sobre o Engenhão e parei lá atrás, na época em que estava mudando de emprego. Vou retomar, atualizar e prometo publicar aqui. Valeu a lembrança.

Valmir:
Sem querer ofender o Luigi, mas a sua comparação (o Napoli seria o Ixpót da Italia) faz algum sentido.

[SEP] Valmir disse...

Valmir:
Sem querer ofender o Luigi, mas a sua comparação (o Napoli seria o Ixpót da Italia) faz algum sentido.

Não, não Barneschi!
Eu não citei isso pra ofender ninguém, foi uma pergunta mesmo!

É o que eu ovi falar.
Lembro que o Napoli na época do Careca, Maradona, Alemão era um timasso.

Hoje os caras cairam não foi?
Eles não disputam a série principal do Italiano?

abs

[SEP] Valmir disse...

"OVI" é ruim hein?
Preciso corrigir essa porra de digitar rápido e engolir letras.
KKKKKKKKKKK

Vitor disse...

Vitor Galluzzi

soh uma coisa a falar:

ROMANO OO
BASTARDO OOOO
ROMANO BASTARDO SEI TU.


roma MERDA!

ULTRAS NAPOLI 1972 ODIATI E FIERI!

Forza Palestra disse...

Sei disso, Valmir. E ninguém quer ofender. É apenas que isso faz algum sentido. E o Luigi sabe disso. Não estamos comparando um time ao outro, mas é fato que o Napoli é o único representante de peso do Sul da Italia, uma região que equivale ao Nordeste do Brasil em termos econômicos, de beleza e de preconceito. O Ixpót não chega nem aos pés, mas é atualmente o time que mais se destaca no Nordeste brasileiro. Apenas isso.

vitor disse...

eu acho essa comparação nápoles e ixpot infundada.

afinal, o ixpot ganhou algo em termos nacionais sem nenhuma estrela...o nápoles só foi algo qdo tinha maradona, careca, entre outros, por isso acredito q o napoli é um CSA (até a cor da camisa é igual) que teve craques com $$ da máfia.

qto a ser o unico representante de peso do Sul, o rodrigo é um fanfarrão...Reggina é mto maior q o nápoles e está a mto mais tempo na Série A tb