01 julho 2009

Um brinde à malandragem

Caiu o Madureira e era isso o que queríamos já há muito tempo. É hora agora de confiar em quem negocia a contratação do novo treinador e a definição, na minha análise, deve acontecer sem atropelos. Por sinal, como este blog não comenta especulações e boatos, é bom falarmos sobre assuntos mais amenos.

É o caso hoje da chegada de Kaká ao Real Madrid. Não tem nada a ver com a linha editorial desta página, é bem verdade, mas as opiniões dos jornais espanhóis Marca e As me levam a escrever sobre o tema:


Marca: "Este virtuoso del balón de 27 años es el más europeo de los brasileños. Alejado del perfil galáctico, es una persona muy familiar cuya vida gira en torno al balón y a la religión. Al contrario que la mayoría de las estrellas de la canarinha, Kaká nació y creció alejado de las favelas, en una familia de clase media alta."

As: “Assim é Kaká, uma estrela do futebol que não sai à noite, não vai a lugar algum sem levar a mulher e festeja seus gols apontando para o céu.”

Pois sim, senhores, isto é Kaká. E eu quero distância dele, dos pilantras evangélicos que ele sustenta, das rodinhas da alta sociedade, das páginas de revistas de celebridades, do escambau.

Deixo em segundo plano até o desprezo pelos preconceituosos textos dos diários espanhóis para celebrar figuras como a de Romário, que é tudo aquilo que Kaká não é. Romário é rei. Romário, Edmundo, Renato Gaúcho... viva a malandragem!

Enquanto os madridistas festejam o ídolo bom moço que veio da alta sociedade, eu passo a considerar Romário cada vez maior. Vou abrir uma Brahma a ele e a todos os outros malandros do futebol brasileiro! E às favelas! E ao Brasil!

27 comentários:

Pietro disse...

só que ele joga muito!

acho engraçado isso, "abrir uma brahma"... gratuito

vitor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vitor disse...

um brinde às favelas e ao brazil o sr. chutou o balde.

isso aqui é uma áfrica que acha ser emergente.

qto ao kaká, fiquei imaginando em qtas bundas de gostosas vagabundas ele poderia dar uns tapas e nunca fará, e entrei em depressão.

Catedraldeluz disse...

Rodrigo,

Digamos que o meio termo encaixa-se bem.

Nem tanto ao mar, nem tanto à terra.

Kaká é um bom jogador, indiscutivelmente.

Quanto à crença religiosa, ninguém é perfeito - e digo isso baseado nas evidências que, apontadas contra a gruta de fé frequentada por ele, denunciam as falcatruas cometidas por alguns, com a conivência e cegueira de muitos.

max disse...

temos um rbd...

Giovanni disse...

Viva o MARADONA, o maior de todos!

Danilo disse...

Não sei direito, mas tenho a impressão de que os que celebram a malandragem são os menos malandros, os mais manés da rua.

Romário e R. Gaúcho não precisam celebrar nada. Apenas têm personalidade para ser o que são.

Assim como Kaká tem personalidade para ser o que é.

Cada um na sua. O que é insuportável é gente recalcada tentando ser o que está bem além de sua personalidade e história de vida.

zenaide disse...

foi por causa dessa "malandragem" que perdemos a copa de 2006
eu sempre meti o pau no dunga mas hj vjo q ele conseguiu criar um grupo sério e comprometido retirando esses jogadores com esteriótipo de "bad boys"

o único defeito do kaka pra mim eh realmente o envolvimento dele com akele bando de pilantras da igreja dele lá

Rafael, da Silva disse...

faaaala canalha!
ow, é cada um que ta comentando aqui que tá osso viu?!

concordo plenamente com vc....boa pessoa, bom caráter, etc, tem que ser meu pai, minha mãe.....jogador de futebol tem que ser ligeiro, malandro....

hj tudo são flores (literalmente) pro cacá......quero ver na hora que o calo apertar....ai ele não mete as caras como faziam Edmundo, Djalminha, Romário (o verdadeiro Rei do Futebol)....

aliás, o bambi foi eleito melhor jogador da copa das confederações.....PIADA!!!!!

Palestra1914 disse...

Porra , Barneschi! Esse post não segue a linha editorial da página , mas vai dar o que falar!!!

Eu vou com a cara do Kaká , mesmo achando que com toda a inteligência que ele tem , ele comete um verdadeiro crime de fazer parte da igreja da bispa. Ele tem personalidade e não é paga-pau de ninguém (só da bispa!)no podre mundo do futebol.

Fora isso , concordo com o vitor e já me desculpo com as moçoilas que aqui nos leem: o que esse porra deixou e deixa de comer mulher gostosa não tá escrito!

Abraços ,

Bruno D'Angelo.

paulo.cassaro disse...

pau no ku do kaka
pau na pirikita da bista hehehe.

helder disse...

Concordo com o Cathedral de Luz. Nem uma coisa, nem outra. o meio termo está bom. Qualquer coisa em demasia está errada, seja a direita ou a esquerda.

E ademais, inegavelmente KK joga bola. Dá um banho no seu DS em velocidade, no CX em domínio. Ver ele puxando contra-ataque na seleção é fácil.

Forza Palestra disse...

Pietro:
E está em discussão o fato de ele jogar bem ou não? Se você quiser, que faça um brinde com champagne. Vai de cada um...

Vitor:
Me desculpa, mas você está errado. E deveria levar em conta o país em que você vive.

Max:
?

Danilo:
Você tá bem, cara?

Zenaide:
Numa boa: não havia malandros na Copa-2006. Romário não estava lá - e deveria ter ido, assim como em 1998 e em 2002. O problema ali foi outro e nada tem a ver com malandragem. Porque Romário podia fazer de tudo fora de campo, mas resolvia a parada na hora em que era chamado.

Bruno:
O importante é você entender o ponto central da discussão. De resto, não tem problema concordar ou discordar. O espaço está sempre aberto pra isso mesmo.

Helder:
Beleza, cara, mas ninguém aqui discutiu qualidade técnica, talento ou competência.

Danilo disse...

Eu tô bem...

Eu odeio apenas o proselitismo do cara que fala: eu sou assim e todo mundo tem que ser como eu.

Kaká não me parece ser assim, então beleza.

Rodrigo disse...

Fala Rodrigo,

Bom, já que o ponto em questão não é qualidade técnica ou desempenho dentro das 4 linhas - o qual, na minha opinião, é indiscutível que ele seja uma grande jogador - concordo com a parte extra-campo no que diz respeito à Igreja que ele frequenta e defende.
Ninguém tão inteligente pode simplesmente "fechar os olhos" para tamanhas falcatruas e canalhices daqueles bispos. Nesse aspecto concordo com vc.
Tirando isso, acho que realmente Romário, Edmundo são para serem lembrados para sempre, fizeram história com seu jeito de ser, de encarar, de bater no peito e dizer pra quem quiser ouvir "Eu sou foda". Sempre fui fã de caras assim no futebol. Mas tb acho q pode se dar valor a alguém diferente, pois no Brasil só se dá valor pra quem veio da favela ou quem não tinha nada. O maior exemplo disso está na presidencia do país! Acho que pessoas que não nasceram em favelas ou que já tem uma vida estável também tem seu valor, basta não ser aqueles filhinhos de papai que querem parecer malandros.
Acho q é isso...rs

Abraço

Rodrigo Perobelli

ricardobmonteiro disse...

COncordo com o Vitor, um cara que tem praticamente todas as minas do mundo para comer, e fica com aquela minazinha que é até bonitinha mas deve ser uma frescura do caralho.
Agora o fato de ele ser crente se pá é bom pro clube, pq ele naum faz merda e tal.
Melhor que um Adriano ai, que cheira a noite inteira e falta em treino.
E sobre a alta sociedade, quem me dera abrir um whiski 18 anos na minha cobertura em copa, com os amigos, discutindo a bolsa de valores e se vale a pena investir nosso dinheiro em jogadores !!

No mais,

Crentaiada tem que se foder de qualquer jeito.

Abraços


Zoinho

luciano vicentin disse...

achei........legal isso, porra qtas ele podia pegar e não vai!!!
me deu depressão!! rsrsr

Vitor MV disse...

Perfeito Barneschi, viva a malandragem no futebol.

Kaká é o cacete!! Quero que ele fique bem longe.



Abraços,

Forza Palestra disse...

Perobelli:
Valeu, cara. E eu não contesto o valor do Kaká. Entendo apenas que os jornais espanhóis foram preconceituosos e eu valorizo muito mais a atitude de um Romário do que a castidade de um Kaká. Questão de opinião só.
Abraços

Danilo:
Eu não disse nada disso, cara. Só o que se questiona neste blog é esse falso moralismo que permeia grande parte da nossa imprensa (e não só da nossa).

Rafael disse...

Também não vou muito com a cara do Kaka, talvez por seus valores de vida e a relação com essa igreja.

Mas ele vem adquirindo certa personalidade nos últimos tempos e aceitando a condição de liderar essa seleção brasileira. Isso é muito positivo.

E essa parte preconceituosa dos europeus terá que aguentar os favelados bons de bola brasileiros por muito tempo. Ou se não quiserem mais, que os deixem por aqui mesmo.

Nicola disse...

É, quanto ao Kaká ser dessa igreja, casado e sei lá mais o que foda-se, a vida é dele... Assim como o Rodrigo só fico puto em ver a imprensa babando ovo pra um cara desse e implicitamente criticando caras como Romário, Edmundo etc.

E muita gente caindo nessa, achando "correto" um jogador ser assim... Também vai contra a imagem que tenho de um idolo.

Danilo disse...

Acho que a graça da paisagem humana é ser composta de Edmundos e Kakás e cada um ter seu lugar ao sol.

Hoje em dia existe muita patrulha em relação ao comportamento alheio. Se o cara é Edmundo, querem que ele seja Kaká. Se é Kaká, querem que ele seja Edmundo. Outros querem que todo mundo seja equilibrado: nem tão carola quanto o Kaká e nem tão maloqueiro quanto o Edmundo.

De minha parte, prefiro a diversidade. Do contrário as coias seriam sem nuances e sem graça.

Forza Palestra disse...

Perfeito, Danilo. Estamos de acordo. A questão, meu caro, é que a imprensa tem apelado para o falso moralismo (e há alguns expoentes disso), de tal forma que eu me sinto obrigado a defender o outro lado.

cgardner74 disse...

Cara a Igreja dele é uma malta de pilantras mas o compromisso do Cara é com DEUS se os pilantras usufruiem do dizimo vão pagar
Agora maladragem é bom Cocaina é melhor ainda que Brhama eu tenho certeza
Mas cara vc já pensou que um dia tudo acaba será que a certeza de algo depois da vida a do Kaka não é maior que a sua e a minha .
Agora patrulhar jogador é idiotice cada um faz o que quer desde que jogue bola

Forza Palestra disse...

Porra, cara, você viajou nessa, hein?

Felix disse...

Meu, nada a ver a questão de ele ser da igreja, sério, não beber, etc.. Se ele joga bem, é o que importa!! Acho que cada um tem o direito de escolher no que crer! Isso me parece pura hipocrisia! Hj em dia, quem celebra a "tal malandragem" pode ser os tocedores, mas para qualquer clube, sabe que o perfil do Kaka é melhor pra o clube. Haja visto Adriano na Europa, Robinho, entre outros, vivem dando problema aos clubes! Agora criticar o cara pela crença dele chega a ser ignorância!!! Façamos então apologia à maradona, rei da coca, do adriano, que vive bebado, do romario, que bate em torcedor (protegido por segurança), que não vão em treinamento, e por ai afora!!!

erzartz disse...

As doações feitas pelos membros da seita são voluntárias, ao contrário do mal que pessoas como Edmundo inflingem, que é doloso. O autor do texto não se limita apenas a esfera esportiva, e sim exalta o que a de mal em determinados individuos. Isso definitivamente não é bom.

Ademais, eu sou palestrino, e como procuro pautar minha vida pela retidão não tenho mais a mesma admiração que tive outrora pelo Diego Sousa, após saber que ele sendo casado, se masturba diante de webcam no MSN para biscates.