01 março 2010

Até na coluna social?

Consta do post de ontem o desafio lançado pelo nosso amigo promotor, aquele que se faz de xerife do futebol paulista enquanto não chegam as eleições de 2012:

"Eu não tenho medo de que me batam. Agora eu quero ver bater na minha frente"

Falou bonito, não? Acontece que este blog já comprou a briga muito tempo atrás. Já faz mais de quatro anos que o promotor é tido por aqui como, digamos, um desafeto. E certas brigas ficam mais fáceis quando o próprio oponente se encarrega de se boicotar. Foi o que fez o midiático promotor, que resolveu pular das páginas esportivas logo para uma coluna social.

Faz sentido, pois também é possível angariar votos de quem lê colunas sociais. Vejamos, pois, o que consta de sua aparição na Ilustrada de hoje, mais especificamente na página da colunista Mônica Bergamo:

Sem babá
O promotor Paulo Castilho, do Juizado Especial Criminal, pedirá o fim da escolta às torcidas organizadas em dias de jogos. "Chega de ficar pajeando delinquente. Nada justifica que eles tenham escolta maior que a do governador", diz ele, que, no ano passado, declarou que suspender o acompanhamento dos torcedores era "inimaginável". O promotor tenta marcar reunião para esta semana com o secretário da Segurança Pública e os chefes das polícias civil e militar.


Ficou mais fácil assim. Nem precisei me dar ao trabalho de desconstruir nada. Boa noite, promotor.

***

"Febre de bola", página 26:

"Pela primeira vez, de repente, tomei consciência de todos os torcedores do Swindon sentados ao nosso redor com aqueles sotaques horrorosos do oeste, aquela alegria inocentemente absurda, aquela incredulidade delirante. Eu nunca cruzara com torcedores adversários antes, e senti um asco deles que nunca sentira por estranhos."

E isso me soa tão familiar...

9 comentários:

Claudio Yida Jr disse...

Queria filmar essa reunião. Não precisaremos nem dar tapas nesse cidadão, a polícia o fará.

Myself disse...

Fica claro com essa vontade do promotor em não escolar as organizadas de que é mais uma manobra para tentar "destruí-las".
Sem escolta, infelizmente aumentam (ou não?) as chances de encrenca em jogos de médio/grande porte pelas quebradas, e com isso ele vem com "força total" para o fim delas, ou algo parecido.
Promotor maldito!

Zhu Sha Zang disse...

Sim, Myself, a jogada é de "mestre", por que é como se desse corda para as torcidas se enforcarem, massss. Nunca se sabe quantos inocentes morrerão neste processo. Este é o problema, se fosse garantido que apenas os "gladiadores de rua" se auto-extinguissem, seria muito fácil.

Mas e ae, algum advogado presente? Não cabe um processo em cima deste cidadão, verdadeiro delinquente, se alguma criança morrer, num encontro ocasional, como ocorreu no último jogo contra as moças.

Att.

Corinthiano disse...

No último Corinthians x Vasco, a morte do meu xará, foi graças a pm que parou UM ônibus da torcida Corinthiana, para que 20 ônibus vascainos passassem ao lado, resultado foi a morte do xará. E depois sai na midia que a fizemos tocaia (1 contra 20?). Mesmo com as seguidas cagadas da pm, imagina ir ao panetone ou ao amontoado de lajes sem escolta? Imagina o que os covardes não fariam?

Abraços

Clayton

Nicola disse...

Filho da puta! Ele não é preocupado em proteger as pessoas da violência? Vai causar um puta estrago se fizer isso... O que ele realmente quer é acabar com as organizadas, só pra aparecer. Por que não pune quem de fato faz merda? Pra ser preso tem que chegar ao ponto de matar um torcedor rival na bala? E os outros, liberados na hora né? Vai tomar no cu esse bambi, só quer foder com a nossa vida mesmo.

Rogerio B. disse...

http://forzapalestra.blogspot.com/2009/10/chupa-santos.html

"... de repente, tomei consciência de todos os torcedores do Santos sentados ao nosso redor com aqueles..."

maradona disse...

demagogia barata.
simples.

Vitor disse...

Barneschi... mudando de assunto, vc viu que abriu a loja virtual do Avanti?
Rídicula!
Poucos produtos e com preços abusivos.
Os descontos são irrisórios.. coisa que você consegue com qualquer vendedor das Casas Bahias ou outras do gênero.
Depois faz um "post" sobre isso!
Abraço!

siamopalestra disse...

O que esse crápula quer é muito claro: que as torcidas se arrebentem e se matem, para que ele possa extinguí-las.

Não que eu apoie organizada como a Mancha, mas... sem dúvidas é a forma mais estúpida de se resolver um problema.

Abrazzo,
ROJAS.